Eis o áudio que incrimina Michel Temer. 

"Zerei tudo, liquidei tudo e ele foi firme. Veio cobrou, eu acelerei o passo e tirei da frente", diz o empresário. Ele comenta ainda que ficou sem interlocução com o governo depois que Geddel Vieira Lima caiu.

"É complicado. Não posso entrar em contato com ele." O empresário então diz que está pagando Cunha. Michel Temer completa: "Tem que manter isso, viu"

Joesley ainda comenta. "Todo mês. Eu tô segurando as pontas."

Confira: