O site O Antagonista diz que fontes do PEN afirmaram que o partido vai protocolar até às 19h, no Supremo Tribunal Federal, a destituição de Kakay e o cancelamento da liminar na ADC 43.

Se isso acontecer, as chances do STF pautar o assunto na quarta-feira serão anuladas. 

Com isso, o entendimento sobre prisões em segunda instância seriam mantidos e Lula perderia sua principal chance de sair da cadeia.

Atualização:

O Antagonista conta que para se precaver de eventual destituição pelo PEN no âmbito da ADC 43, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, resolveu entrar com outro pedido de liminar, nos mesmos moldes, em nome de um tal de Instituto de Garantias Penais (IGP).