A PGR, Raquel Dodge, denunciou nesta quarta-feira (19) o presidente da República, Michel Temer, no inquérito dos portos. 

A acusação criminal foi apresentada no último dia antes do recesso do Judiciário, que começa nesta quarta (20).

Temer é acusado de integrar um suposto esquema para favorecer empresas específicas na edição de um decreto sobre o setor portuário.

Em 16 de outubro, a Polícia Federal informou ao Supremo ter encontrado indícios da participação do presidente no esquema.